campanhas hospitalares

Este slideshow necessita de JavaScript.

Hospitais atendidos:


 


 

REPERTÓRIO 2017

 

Peças curtas 

Higiene de mãos:

Romeu e Julieta

Romeu e Julieta são dois profissionais da saúde que se conhecem em um baile de carnaval ao som de “Mamãe eu quero, mamãe eu quero, mamãe eu quero lavar, lá na torneira, lá na torneira pra não infectar! E é no meio do passo a passo da Higienização das Mãos que eles se apaixonam, no entanto uma fatalidade fará com que Julieta acabe internada no hospital e exposta ao risco de uma contaminação. Romeu busca ajuda de Frei Lourenço que dará aos amantes de nossa história a eficaz solução: o álcool em gel. Com o uso do alcool em gel nossa história termina bem.

 Cangaço 

A dupla arretada formada por Maria Virgulina e Zé Cartucheira com a peixeira em uma mão e álcool gel na outra pretende “dar cabo” das bactérias dentro do hospital e pra isso usarão também as armas da conscientização e do forró.

Anos 80

Essa intervenção é uma homenagem aos anos 80, mostra uma reunião e ataque de bactérias no estilo “thriller” do Michael Jackson e a valorização do ato heroico de higienizar as mãos.

CCIH x KPC 

Musical que conta a história de uma super bactéria estrangeira que chega ao Brasil para atacar hospitais, mas se depara com a prática do uso de água e sabão e ou álcool gel nos cinco momentos e a dança do passo a passo da higienização.

JORNAL BACTERIANO

Duas bactérias invadem um programa jornalístico se manifestando contra a popularidade do H1N1. Se revoltam, pois as pessoas hoje só falam em H1N1, dengue, febre amarela, zika vírus e água parada e estão esquecendo das campanhas de higiene de mãos… estão até esquecendo de usar o alcool em gel entre um paciente e outro. Musicalmente revelam porque são mais poderosas, afinal existe até um passo a passo para acabar com elas. Morrem após uma demonstração do uso de alcool gel. A cena termina com uma mensagem de que é preciso ficar atento sempre com essa questão, mesmo com a correria e aparecimento de novas doenças, a higienização das mãos não pode ser deixada de lado.

SEPSE
Uma corrida contra o tempo. Eficácia, a atleta tem que vencer diferentes adversários como a Pressa, a Procrastinação, a falta de comunicação para vencer a maratona e em menos de duas horas iniciar o tratamento para a SEPSE.

Isolamentos (microorganismos multiresistentes)
Uma dupla de agentes no estilo caça fantasmas querem proteger o hospital da contaminação de microorganismos multirresistentes e para isso utilizam ferramentas como a música (rap, samba, paródia), desfile de epis e muita diversão para exemplificar os cuidados necessários em caso de isolamentos.

Gentileza (no atendimento humanizado ou qualidade de atendimento)
VELHA II

Nessa intervenção as personagens idosas clownescas abordam temas como o poder da gentileza, acolhimento na recepção do cliente, tratar o outro como gostaria de ser tratado, se colocar no lugar do outro, transformar problemas em desafios, não buscar culpados e sim soluções.
Essa intervenção tem dois formatos: Uma apresentação de 30 minutos ou 2 intervenções de 15 minutos. Nesse ultimo caso, os atores visitam os setores duas vezes dentro de um mês.

Meio ambiente / Iso 14001 – Sustenta

O programa de televisão “Sustenta” (paródia do programa Esquenta da rede globo) traz informações por meio de teatro e música a respeito coleta seletiva, descarte de resíduos, consumo consciente de recursos, aspectos e impactos ambientais, política do sistema de gestão integrada.

Meio ambiente – Gerenciamento de Resíduos

“Tô nem aí” Em uma cidade não muito distante, em uma época não tão longínqua a população é afetada por uma estranha doença chamada “Síndrome do Tô nem aí” Essa síndrome afeta o cidadão em frente as lixeiras, no momento do descarte. Somente a heroína Joana Descarpak poderá conter a disseminação dessa doença.

Comportamento Seguro e EPIS

007 Para resolver um caso de acidente de trabalho com risco biológico são convocados a investigadora Janie Bond e sua assistente Lafayette. Com uma simulação do caso e levantando diversas hipóteses chegam a conclusão de que o uso correto dos EPIs teria evitado o acidente. A cena também aborda dicas para evitar o acidente de trajeto. São usadas paródias de músicas da banda Blitz.  

EPIS – NR 32

Rádio Paródias de canções dos anos 50 e 60 (Celly Campello, Carmen Miranda) e a emocionante rádio novela “Direito de Viver” compõem a programação da rádio Lona de Retalhos que fala através das canções sobre o cuidado no uso de EPIs, descarte de material perfuro cortante, importância da vacinação em dia entre outros tópicos.

Segurança do Paciente 

Clowndemir e Admilson -mais do que seis metas a se cumprir” A cena aborda de maneira divertida itens como Identificação de Paciente (pulseiras de cores diferentes e verificação de duas informações), cuidado com medicamentos de alto risco, higiene das mãos, comunicação efetiva (headback, conferencia de dados, passagem de plantão e registros em prontuários), cirurgia segura (marcação de lateralidade, check list), além de abordar a importância do trabalho em equipe e atendimento humanizado.

 

Datas comemorativas
Para datas comemorativas como aniversario da instituição, dia do médico, dia da psicóloga, semana da enfermagem a Cia Lona de Retalhos homenageia o público levando a poesia, o humor e a alegria de Vinícius de Moraes através de seus poemas e suas composições.

Palestras teatrais

Estresse / Atendimento humanizado

V.E.L.H.A.

Duas personagens idosas fazem uma palestra divertida e musical sobre o atendimento humanizado. Durante a apresentação abordam temas como a importância de estar presente nos afazeres do dia a dia, reconhecer seu nível de estresse e cuidar de si mesmo para cuidar do outro, trabalho em equipe e comunicação entre os colegas de trabalho, estabelecer parcerias no trabalho, importância do sorriso, carinho e vinculo no atendimento humanizado.

 

Qualidade no atendimento – call center

Bob and Lisa

Os palestrantes da empresa fictícia “Bob e Lisa Corporation” de maneira divertida abordam temas sobre: sensibilidade no atendimento, liderança, comprometimento e gentileza.

RH – Gestão de Pessoas

 

A saga de José

Por meio da narrativa da história de vida de José, a palestra aborda questões sobre os procedimentos em admissão (seleção e recrutamento, exames admissionais), integração, motivação, trabalho em equipe, comunicação entre as equipes, procedimentos em relação a faltas, atestados, uso de epis e higiene de mãos etc.

Sistema organizacional 5s

Por meio de diversas cenas a palestra apresenta o programa de qualidade total 5 s (senso de utilização, senso de ordenação, senso de limpeza, senso de saúde, senso de autodisciplina) e a prática do programa no dia a dia da empresa e os benefícios que o programa pode gerar.


 

 

 

 

 

Entre em contato conosco para maiores informações!
Anúncios